quarta-feira, 15 de abril de 2015

Moda Center e entidades santa-cruzenses vão até Recife para cobrar melhorias nos sinais da Claro e da TIM


Na tarde desta terça-feira (14), o síndico do Moda Center Santa Cruz, Allan Carneiro, e os diretores Valmir Ribeiro e José Gomes Filho (este, também presidente da ASCAP) estiveram nas sedes da Claro Nordeste e TIM (Telecon Italia Mobile), em Recife, para cobrar melhorias nos serviços dessas operadoras.

O grupo, que esteve acompanhado também da secretária executiva da CDL Santa Cruz, Katiane Amaral, e do gerente geral do Moda Center, Carlos Pereira, apresentou aos executivos das duas operadoras os principais problemas que os deficientes serviços de telefonia móvel têm causado ao comércio e à indústria de confecções do município.

Reunião do Moda Center e entidades
santa-cruzenses na sede da Claro Nordeste
Para ajudar a compreender melhor a dimensão do problema, foi apresentado um vídeo com o Moda Center em dias de feira e a imensa quantidade de pessoas que padecem com a má qualidade dos sinais da Claro e da TIM, tanto para falar quanto para a utilização do serviço de dados, indispensável para as vendas com cartão de crédito no empreendimento.

Na Claro, a comitiva da capital da moda foi recebida pelo diretor regional André Peixoto e os engenheiros Rodrigo Rocha e Leonardo Lins. Sensíveis à causa, os diretores da Fecomercio, Mário Mawad e Brena Castelo Branco, também participaram da reunião prestando apoio institucional ao pleito dos santa-cruzenses.

“Não temos a menor dúvida do tamanho do empreendimento de vocês, pois já fizemos levantamentos e vamos fazer alguns investimentos para melhorar a prestação de serviço da operadora naquele local. Para isso precisamos da ajuda de vocês, pois necessitamos de espaço físico para a instalação de uma ERB (Estação Rádio Base) móvel nos dias de grande fluxo de clientes. Acredito que nos próximos sessenta dias essas ações de melhorias parciais já estejam implantadas”, disse André Peixoto. O diretor garantiu ainda que uma solução definitiva está prevista o primeiro semestre de 2016.


Já na TIM, o diretor de business Jair Amado se comprometeu em enviar, em até quinze dias, uma equipe técnica da operadora ao Moda Center para, num dia de feira, fazer o levantamento e identificar as possíveis soluções para o problema.

“Vamos fazer o melhor para atender às demandas do empreendimento. Um negócio desse porte, que desenvolve economicamente a região, é também de interesse da TIM. Cuidar do cliente é um dos nossos valores”, comentou Jair Amado.

Reunião do Moda Center e entidades
santa-cruzenses na sede da TIM
 Para o síndico do Moda Center, Allan Carneiro, as duas reuniões foram produtivas. “Mostramos aos diretores da Claro e da TIM que o Moda Center é, sem dúvidas, um centro de boas oportunidades de negócios para essas empresas. Os investimentos em melhorias deixarão os clientes e comerciantes satisfeitos e isso gera um retorno positivo para essas operadoras e outras que derem mais atenção à qualidade dos seus serviços”, disse.

O contato presencial das entidades acontece depois de diversas reclamações protocoladas pelo Moda Center nos SAC’s das operadoras, na Anatel e até no Procon, todas elas sem resultado satisfatório. Desta vez, os representantes santa-cruzenses estão mais confiantes com a sinalização positiva dos executivos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário