sábado, 15 de novembro de 2014

Diretoria do Moda Center espera que Toritama cumpra o acordo de não ter feiras aos domingos


Durante essa semana o assunto que foi pauta em todos os programas de rádio e matérias de blogs das cidades de Santa Cruz e Toritama, foi a possível reabertura do Parque das Feiras de Toritama aos domingos.

Em uma entrevista concedida aos radialistas Alberto Galdino e Wendell Galdino nesta sexta-feira (14), pela manhã na rádio Líder FM em Toritama, o Síndico do Moda Center Santa Cruz Allan Carneiro disse que espera que seja cumprido o acordo feito com os representantes daquela cidade no dia 07 de novembro de 2013 na assembleia que decidiu a mudanças dos dias de feira no Moda Center, naquela oportunidade usando da palavra, o presidente da Associação dos Lojistas de Toritama Prudenciano Gomes e vereador Morica (PSL) se posicionaram favoráveis a não abertura das feiras de confecções aos domingos das duas cidades.

“Esperamos que o acordo seja cumprido por Toritama, pois temos os clientes atacadistas dos estados mais longe têm uma programação antecipada, como reserva de hotel passagem área e de uma hora para outra nos mudarmos os dias da feira, não seremos justo com esse cliente que nos compra durante todo ano, vamos fechar esse ciclo e em janeiro vamos sentar com os representantes das duas cidades e elaborarmos um calendário, onde poderá contemplar os domingos dos meses de alta” comentou o Síndico maior centro atacadista de confecções do Brasil.

Durante a entrevista foi veiculado um áudio que Prudenciano Gomes afirma, que foi feita uma pesquisa no ano passado com os comerciantes do Parque das Feiras, em que 80% deles queriam o fechamento daquele parque aos domingos.

No dia 03 de junho desse ano o prefeito de Toritama Odon Ferreira (PSB) baixou um Decreto proibindo as feiras de confecções na cidade aos domingos e nas reuniões que aconteceram durante essa semana entre os representantes do comércio e Poder Público das cidades de Santa Cruz e Toritama, Odon demonstrou firmeza no propósito de manter o Decreto.

                                                                                                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário