quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Compesa confirma participação na Audiência Pública do próximo dia 28

Representantes da sociedade civil organizada de Santa Cruz do Capibaribe buscam agora a confirmação do Ministério da Integração Nacional


A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) confirmou a participação de técnicos da estatal na Audiência Pública que será realizada no próximo dia 28 de agosto, na Casa da Criança Dona Arlinda Monteiro, em Santa Cruz do Capibaribe. A confirmação se deu por meio do diretor regional, Regional Leonardo Selva, durante reunião nesta terça-feira (18), em Recife.

Participaram do encontro o síndico do Moda Center Santa Cruz, Allan Carneiro; o presidente da ASCONT, Paulo Nascimento; o Pr. Lucas Evangelista, os vereadores Afrânio Marques (PDT), Klemerson Ferreira (PMN) e José Bezerra (PSDB); além do ex-prefeito Antonio Figueroa; o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e o prefeito Edson Vieira (PSDB).

“O nosso objetivo é mobilizar o máximo de pessoas possível. Além da população, é imprescindível que estejam presentes representantes dos governos, das universidades, enfim, todos os envolvidos. O problema é muito sério e precisamos de soluções concretas”, disse o síndico do Moda Center Allan Carneiro, que confeccionou e deu de presente aos participantes uma camiseta promocional da Audiência Pública.

Leonardo Selva disse que fará uma apresentação para a população, mostrando a real situação das barragens que abastecem o município e região, assim como as providencias que estão sendo adotadas pela Compesa para curto, médio e longo prazo.

O diretor adiantou que a Compesa está concluindo uma obra de inversão da ETA (Estação de Tratamento de Água) do bairro Petrópolis para o Salgado, em Caruaru, para levar água da barragem do Prata para Santa Cruz do Capibaribe. Já a médio prazo, o Banco Mundial de Desenvolvimento já liberou um empréstimo no valor de R$ 40 milhões para a construção de uma adutora para captar água do Rio Pirangi, na Zona da Mata Sul, que levará água para a barragem do Prata, aumentando o volume a vazão enviada para Santa Cruz do Capibaribe.


Por meio de ofício, as entidades organizadoras da Audiência Pública convidaram representantes do poder público das esferas local, estadual e nacional. A expectativa agora é a confirmação do Ministério da Integração Nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário