sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Importação de lixo foi caso isolado


Sete importadoras de tecidos, em funcionamento em Santa Cruz do Capibaribe, foram inspecionadas pelo Departamento de Vigilância em Saúde do Município, nesta quarta e quinta-feira. A equipe técnica percorreu as lojas e os galpões em que estocam seus produtos. Ao todo, foram vistoriados 12 galpões, já que algumas importadoras operam com mais de um depósito. O laudo deixa claro que não foi encontrado nenhum tipo de irregularidade semelhante ao que foi encontrado em Suape. O documento foi assinado por Pedro de Castro Pedrosa Neto, coordenador da Vigilância Sanitária municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário