quinta-feira, 23 de julho de 2020

Dona Petronila Senhorinha dos Santos, 94 anos (imagem), conhecida popularmente por ‘Dona Petinha’, é a costureira mais antiga de Santa Cruz do Capibaribe e a única representante viva do grupo que criou a antiga “Feira da Sulanca” na década de 1960. Hoje, Dia da Costureira*, Dona Petinha representa todas as costureiras e costureiros que fizeram e fazem parte da história do nosso município e do polo de confecções de Pernambuco.


Em meio a novelos de linha, fardos de tecido e agulhas, esses profissionais são responsáveis por impulsionar o maior patrimônio de Santa Cruz de Capibaribe, além do seu povo: a indústria confeccionista. As costureiras e costureiros são e sempre serão a peça chave de toda cadeia produtiva da moda. Parabéns e nosso muito obrigado!


*O Dia da Costureira celebrado no dia 23 de julho foi instituído pela convenção coletiva do Sindicato das Costureiras de Pernambuco (Sindicostura-PE).


#DiadaCostureira #costureira #costura #moda #polodeconfeccçõesPE #ModaCenterSantaCruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário