terça-feira, 5 de novembro de 2019

Professores de Moçambique, Portugal e Curitiba visitam o Moda Center


Neste domingo (3), o Moda Center Santa Cruz recebeu a visita de uma comitiva composta por cinco professores universitários. Quatro deles estiveram no centro de compras pela primeira vez, em razão de um convite da professora e doutora pela Universidade de Pernambuco (UPE), Débora Quetti, que na última sexta-feira (1°) lançou em Santa Cruz um livro sobre políticas, práticas educativas e tecnologias na educação, obra da qual eles também são coautores.

Durante a visita, os professores Célio Rodrigues Leite, Vera Regina Pereira (ambos de Curitiba), Élia Sousa Alves (da Universidade do Minho – Portugal) e Dionísio Tumbo (da Universidade Pedagógica de Moçambique) conheceram algumas das instalações do Moda Center.

No Centro Administrativo, eles foram recepcionados pelo gerente geral George Pinto, que apresentou a evolução e curiosidades sobre a feira e o Moda Center, este último que comemoro no último dia 7 de outubro 13 anos de funcionamento.


Em seguida, a comitiva se dirigiu ao Museu da Sulanca, onde foi recepcionada pelo graduando em História, Gabriel Sousa. Lá, eles conheceram o acervo do local, que conta com várias peças que remontam a evolução da produção de confecções no município, além de alguns detalhes da exposição “Nós Sulanca”, que poderá ser conferida pelo público visitante no período de 10 de novembro a 10 de dezembro.



Finalizando a visita, os professores realizaram um pequeno tour pela feira. Em pouco mais de duas horas, realizaram compras, conversaram com condôminos e puderam ouvir do jornalista e assistente de marketing Thonny Hill algumas curiosidades e informações sobre o modelo de produção adotado pela maioria dos pequenos e médios empreendedores.





“Fiquei bastante impressionado. Nunca tinha visto um empreendimento majestoso como esse, de pessoas receptivas e de muita paciência em nos apresentar as suas bancas de negócios. Os preços são ótimos, fiz um leque de escolhas que fiquei surpreendido. Nunca tinha ouvido falar desse grande centro comercial e, efetivamente, é algo que merece o conhecimento a nível mundial”, frisou Dionísio.

"O Moda Center é magnífico. Aqui é tudo muito grande e foi difícil decidir o que escolher dada a variedade que vocês têm. Estou levando algumas recordações daqui já para casa e acho ótimo ver que, quando as pessoas se unem em grupo, se tornam mais fortes. As pessoas começaram aqui nas ruas do centro e decidiram expandir isso, o que fez com que todos saíssem beneficiados. Quando estive em Recife, já me disseram que, para comprar roupas, era mesmo aqui”, pontuou Élia.


“Levo daqui uma impressão mais do que positiva. Tive a oportunidade de passear por aqui e gostei, pois tive a alegria em ver que tantos postos de trabalho são ocupados por essa população e isso faz a grande diferença. Eu volto para Curitiba feliz, por ter conhecido esse cantinho do Brasil que agora passo a gostar ainda mais”, destacou Célio.


“Durante o lançamento de nosso livro, surgiu essa curiosidade deles em conhecer um pouco da nossa cultura e eu acredito que aqui, no Moda Center, conseguimos caracterizar isso e foi o que eles viram, seja no museu que trouxe as bases de nossa história e aqui no parque. Para mim, é um orgulho, um prazer apresentar esse Polo de Confecções e, em especial, o Moda Center, porque aqui traz a história de luta do povo nordestino. Mesmo em um espaço tão árido, tão seco, inicialmente subsistíamos, mas agora existimos e temos um polo posto nacionalmente e internacionalmente. Aqui representa a nossa força”, comemorou Débora. 

A comitiva segue a partir desta segunda-feira (4) para a cidade de Garanhuns, onde os professores serão palestrantes do Congresso Nacional de Educação, que acontece no campus da Universidade de Pernambuco (UPE), de 6 a 8 deste mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário