sexta-feira, 21 de junho de 2019

Moda Center - Assembleia aprova prestação de contas de julho de 2018 a março de 2019



Foi realizada na última quinta-feira (20), a Assembleia Geral Ordinária no Moda Center Santa Cruz. Nela, foram colocadas para discussão as contas referentes ao período de julho de 2018 a março de 2019.

A votação aconteceu após a leitura realizada pelo gerente financeiro do parque, Sebastião Bezerra, que detalhou cada uma das receitas e despesas do período. As contas foram aprovadas pela maioria dos condôminos presentes.

Outro ponto discutido foi a cobrança do gás GLP para os restaurantes e lanchonetes. A adequação da cobrança será explicada em informativo que será produzido e entregue a cada condômino.

Já entre os assuntos diversos, aqueles que surgem fora da pauta constante do edital, foram discutidos alguns questionamentos feitos pelo condômino Rinaldo Roberto (conhecido por “Jovem”).


O primeiro foi sobre a altura máxima permitida para os boxes quanto a sua estrutura e disposição dos manequins. De acordo com ele, a altura máxima permitida no Moda Center, que é de 2,60m, não seria suficiente, alegando a mudança de padrão dos manequins, em especial os de tamanho plus size.

Foi proposta por ele a mudança para que essa altura máxima fosse modificada para 2,75m, sendo posta em votação e aprovada por unanimidade. O segundo questionamento feito pelo condômino foi a necessidade de se realizar estudo para avaliar a cobrança no estacionamento do parque.




Já o terceiro é o de rever a concessão dada ao aplicativo Moda Center, de propriedade da Nasi Solutions. Segundo o condômino, o Moda Center não recebe nenhuma compensação financeira por parte da empresa detentora, sendo que esta possui um espaço físico dentro do parque para comercialização do aplicativo e faz cobrança aos estabelecimentos anunciantes, sem repasse de qualquer percentual ao parque.

Os questionamentos serão analisados pela diretoria do Moda Center Santa Cruz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário