quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Novo síndico do Moda Center cobra melhorias no atendimento da Caixa Econômica


 


Em reunião na manhã desta quinta-feira (11), no centro administrativo do Moda Center, o recém empossado síndico do centro de compras, José Gomes Filho, cobrou dos representantes da Caixa Econômica Federal mais agilidade no atendimento da instituição financeira, cuja agência 1038, localizada no centro da cidade, teve parte dos caixas eletrônicos explodidos no último dia 31 de julho.

Quase três meses já se passaram após o ataque e as filas na agência do bairro São Cristóvão e casas lotéricas têm aumentado consideravelmente, embora, de acordo com o gerente regional Diego Ricardo de Melo, cinco caixas de autoatendimento já estejam em pleno funcionamento. Segundo ele, depois de concluídos os serviços de reparo no prédio, ao todo dez caixas passarão a funcionar.

“Discutimos soluções de melhorias quanto ao atendimento dos clientes e da população de Santa Cruz do Capibaribe, sem deixar de fora maneiras de como possamos cada vez mais prestar um atendimento satisfatório para todos”, disse Diego.


A reunião foi provocada pelas entidades representativas da indústria e do comércio, visando a alta temporada no Polo de Confecções de Pernambuco: Moda Center Santa Cruz, CDL Santa Cruz, Associação Santa-cruzense de Contabilistas (ASCONT), Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (ASCAP) e Governança Empreendedora.

Diego Ricardo de Melo veio acompanhado do gerente geral da Caixa 1038, José Eduardo Nóbrega Ribeiro. Ambos falaram que estão em pauta algumas medidas, como por exemplo a ampliação do valor do saque individual para até 3 mil reais em dias estratégicos.

“Marcamos essa reunião porque nos preocupamos com os problemas que podem acontecer no final do ano, caso a agência não volte a funcionar plenamente. Afinal, nos períodos de alta temporada grandes operações financeiras acontecem”, ressaltou o síndico José Gomes.

Também participaram da reunião o gerente financeiro do Moda Center, Sebastião Bezerra; o presidente da CDL, Bruno Bezerra; e o presidente da ASCONT, Jacks Barros.



Nenhum comentário:

Postar um comentário