terça-feira, 21 de março de 2017

Pesquisadores europeus farão visita técnica ao Moda Center Santa Cruz nesta quarta-feira (22)

Grupo está envolvido com a implantação da metodologia RIS3, sobre Estratégias de Especialização Inteligente em Territórios Inovadores
Integrantes de uma missão da União Europeia estarão no Moda Center Santa Cruz na manhã desta quarta-feira (22) para uma visita técnica no maior centro atacadista de confecções do país, localizado em Santa Cruz do Capibaribe, a 191 quilômetros do Recife. O grupo é formado por pesquisadores que pretendem conhecer e levantar informações dos Sistemas Territoriais de Inovação no setor de confecções no Agreste e de TI/Automotivo na Região Metropolitana do Recife.

“Entre as grandes vantagens de receber uma comitiva vinda de outros países estão conhecer potenciais públicos compradores, trocar ideias e aprender melhor a realidade destes lugares e a possibilidade de descobrir oportunidades de negócios. É sempre interessante termos uma visão mais fidedigna dos mercados, dos modos de trabalho e dos seus processos de compra e venda, descobertas que podem ser de grande valia para o Moda Center Santa Cruz”, comentou o síndico do empreendimento, Allan Carneiro.

De acordo com o gestor, os visitantes serão apresentados ao maior centro atacadista de confecções do país tanto de forma teórica, com a exibição dos números que comprovam a grandiosidade do parque, como na prática. “Faremos um tour pela estrutura. Mesmo que não seja um dia de feira, quando todos os nossos mais de dez mil pontos de vendas estão em atividade, certamente será uma experiência bastante interessante e impactante para os convidados”, acrescentou. Depois do Moda Center Santa Cruz, o grupo estrangeiro visitará uma das maiores fábricas de confecções do estado, também localizada no município.

Objetivos – A missão europeia vem a Pernambuco com o objetivo de identificar os recursos para ciência, tecnologia e inovação, além de analisar as necessidades de apoio à inovação nos setores de confecções e TI/automotivo. Ela seguirá a metodologia RIS3, sobre Estratégias de Especialização Inteligente em Territórios Inovadores, que proporá um modelo de governança participativa e mecanismos para orientar o debate regional sobre a visão, prioridades, programas e ações para a especialização inteligente no estado.

A vinda da missão europeia a é o desdobramento de uma etapa anterior, realizada em 2015, quando Pernambuco foi escolhido para receber o projeto piloto RIS3. Na época, ocorreram visitas de reconhecimento tanto em território lusitano como pernambucano, culminando com a seleção do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-US, Portugal) como instituição responsável pela coordenação e implementação da metodologia e a elaboração do estudo de caso comparativo entre os locais contemplados. A iniciativa é financiada pela Direção Geral de Política Regional da Comissão Europeia (DGREGIO).

As Estratégias de Pesquisa e Inovação para a Especialização Inteligente (RIS3) são ferramentas bastante utilizadas nas políticas de desenvolvimento regional da União Europeia. Elas são referência para a promoção de mudanças estruturais das economias regionais, inclusive em regiões fora da Europa. A implementação se dá pelos Diálogos Setoriais, projeto de cooperação técnica entre a União Europeia e o Brasil, que abre várias possibilidades de parcerias e investimentos para incrementar as políticas de desenvolvimento regional no país.

O Projeto RIS3-PE é uma realização da DGREGIO, Ministério da Integração Nacional, Secretaria Estadual de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (Secti-PE) e o Centro de Estudos Estratégicos e Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação (CGEE).

Estrutura - Referência nacional no setor, o Moda Center Santa Cruz é o maior centro atacadista de confecções do Brasil, reunindo mais de 10 mil pontos comerciais, entre lojas e boxes. Ele reúne um mix de produtos variados, com destaque para roupas e acessórios, comercializados especialmente em grande escala.

Nas segundas e terças ocorrem as chamadas feiras, quando todas as unidades de venda estão funcionando. Na alta temporada, o empreendimento chega a receber uma média semanal de 150 mil clientes vindos de todo o país, com predominância dos estados do Norte e Nordeste e crescimento dos oriundos do Centro-Oeste e Sudeste, a exemplo de Minas Gerais.

O parque disponibiliza seis praças de alimentação, estacionamento gratuito para 6,5 mil veículos e rede própria de hotéis e dormitórios com cerca de dois mil leitos. O local ainda conta com posto ambulatorial, caixas eletrônicos, banheiros, fraldários, carrinhos de compras, sistema de som e TV e circuito interno de segurança.


Nenhum comentário:

Postar um comentário